fbpx
artifact logo

A nova rede social: Fundadores do Instagram lançam um app de notícias alimentado por IA

Você conhece o Artifact? “TikTok” de textos promete entregar feed de notícias on demand, com combate à fake news.

blank

Não é fácil encontrar textos ou conteúdos de alta qualidade no panorama dos meios de comunicação modernos. Somos todos forçados a peneirar através de um grande e barulhento cataclisma de informação. Será que o Artifact pode ajudar?

Uma breve introdução…

O Instagram foi lançado em outubro de 2010, e originalmente era exclusivo para usuários do iOS. como um aplicativo de compartilhamento de fotos. Originalmente, o aplicativo permitia que os usuários tirassem fotos com seus smartphones e as compartilhassem com amigos e seguidores. Rapidamente se tornou popular e em 2012 foi adquirido pelo Facebook. Desde então, o Instagram expandiu seu escopo para incluir vídeos curtos, mensagens diretas, compras e muito mais.

Já o TikTok foi lançado em 2016 na China sob o nome de Douyin. A plataforma foi desenvolvida pela empresa ByteDance e permitia que os usuários criassem vídeos curtos de até 15 segundos. Em 2017, o aplicativo foi lançado internacionalmente com o nome de TikTok e rapidamente se tornou popular entre os usuários mais jovens.

Impacto no consumo midiático?

A rotina diária de alguns redatores consiste em percorrer interminavelmente os feeds dos meios de comunicação social e visitar manualmente muitos websites para encontrar as notícias relevantes do dia.

A nova aplicação dos desenvolvedores Systrom e Krieger tem como objetivo resolver este problema.
E pode funcionar muito bem.

Artifact, como é chamado, é revelado pelos dois fundadores como um app de notícias provido por inteligência artificial, apresentado na semana passada num lançamento beta privado para iOS e Android. Os utilizadores podem inscrever-se na lista de espera oferecida por eles.

Numa entrevista Systrom disse que o nome do aplicativo veio de uma amálgama das palavras artigo, fato e inteligência artificial. Disse ao canal que a tecnologia da IA melhorou ao ponto de ser agora possível um robusto motor de recomendação de notícias.

A interface é limpa e intuitiva.

A personalização do conteúdo de IA é eficaz. Entrevistadores definiram a aplicação como um “TikTok para texto”. O TikTok é finamente honesto com os interesses dos seus utilizadores, rastreando quais os vídeos que eles gostam ou passam mais tempo vendo. Da mesma forma, o Artifact mede a frequência com que se clica em determinadas fontes e tópicos, porém mais importante, quanto tempo se gasta a ler os artigos. 

Os criadores do Artifact têm objetivos sociais mais profundos. Há alguns anos atrás, Systrom disse que estava trabalhando na criação de um melhor sistema de descoberta de conteúdos utilizando a IA. Lamentou como os modelos de negócios de envolvimento na internet baseados em anúncios incentivaram os autores de má-fé a publicarem informações erróneas e posts emocionalmente contestáveis.

O futuro das redes sociais…

kevin é um dos autores do instagram

 

“Tem muito menos a ver com pessoas que manipulam a distribuição e muito mais com: “será este conteúdo bom?”
-Kevin Systrom.

 

 

Systrom disse em entrevista que estão trabalhando para acrescentar características adicionais baseadas em redes sociais, incluindo a capacidade de seguir outros utilizadores para ver o que estão lendo, uma secção de comentários para artigos e mensagens diretas.

Será que o Artifact se tornará tão grande como o TikTok? Não é provável. Mas poderia ser uma mudança bem-vinda para as pessoas que querem encontrar o melhor conteúdo e melhorar a qualidade do discurso online. instagram gif

 


Você sabia…
que em abril de 2012, o Instagram contava com 30 milhões de usuários ativos mensais. Atualmente, a plataforma tem mais de um bilhão de usuários ativos mensais, mas continua proibida na China desde 2014, fazendo muitos usuários contornarem a proibição usando VPNs.

Sim, a rede social mais famosa do mundo tem suas controvérsias, afinal…


O que será que poderemos esperar do Artifact?


Enquanto isso… 

instagram screenshot


Existem várias redes sociais que se concentram em conteúdo de texto, em vez de fotos, vídeos ou áudio, e que prometem já ser grandes concorrentes da nova criação dos desenvolvedores. Algumas das opções populares incluem:

Twitter – Uma das plataformas mais conhecidas para compartilhamento de texto curto e rápido. Os tweets têm um limite de 280 caracteres.

Reddit – Uma plataforma que permite aos usuários postar conteúdo e participar de discussões em tópicos específicos, conhecidos como “subreddits”.

Tumblr – Uma plataforma que combina recursos de blog e rede social. Os usuários podem postar texto, fotos, vídeos e outros tipos de conteúdo.

Medium – Uma plataforma de publicação on-line que permite aos usuários publicar textos mais longos em tópicos variados.

Quora – Uma plataforma de perguntas e respostas que permite aos usuários fazer e responder perguntas em vários tópicos.

E aí, o que achou dessa matéria? Gosta de ficar antenado nas novidades da Tecnologia?

Clique aqui e descubra um universo de notícias selecionadas pelos redatores da MARDINI. 

Compartilhe

3 Comentários

Faça um Comentário

blankQuem Somos

Agência de marketing digital localizada na zona sul de São Paulo com mais de 11 anos de experiência em soluções digitais para pequenas empresas.

Somos uma agência de performance, nossas ações são guiadas por dados e com foco em um objetivo.

A nossa missão é empoderar você e facilitar sua tomada de decisões para que você possa ir tão longe quanto a sua imaginação e ousadia permitirem.

Além dos Serviços de Marketing Digital, nós desenvolvemos Ferramentas e Produtos para o mercado.

 

Sobre Nós