blank

Como Anunciar no Google sem desperdiçar seu dinheiro

Tempo Estimado de Leitura: 10 minutos

Se você estiver se perguntando, anunciar no Google dá retorno?, pesquise por “Casos de Sucesso Google Ads”.

Você vai entender que vários negócios foram construidos com ajuda dessa plataforma.

Mas se é assim, porque algumas pessoas falham? 🤔

Porque em geral elas não entendem como a plataforma funciona e não fazem 4 coisas necessárias:

1) Testar e descobrir o que dá mais retorno, e quando descobrir, testar mais.

2) Filtrar cada vez mais a qualidade das pessoas que chegam até elas.

3) Continuar a aumentar a taxa de conversão (porcentagem de pessoas que entram em contato com você).

4) Diminuir ao máximo o seu CPC (O valor que você paga pelos cliques em seus anúncios).

E isso é exatamente isso o que vou te ensinar em 10 dicas simples 👊

Mas antes entenda como o Google funciona.

Pronto para começar?

1) Como o Google funciona na prática

Entender o funcionamento do Google é a chave para você se dar bem na plataforma.

Há 2 tipos de buscas feitas no Google que realmente te interessam.

1) Com a intenção de Resolver um Problema.

2) Com a intenção de Obter uma Resposta.

Se a sua empresa se focar em estar no topo do Google toda vez que alguém buscar uma solução ou tiver uma dúvida relacionada às suas Soluções, você vai dominar as buscas no seu segmento.

Mas para isso, você precisa entender primeiro…

Como o Google ganha Dinheiro

Cada vez que alguém fizer uma busca, ele precisa exibir resultados relevantes, simples assim.

Então o seu objetivo é bem simples, SER RELEVANTE.

E para isso você precisa de 2 coisas:

1) Compreender como as pessoas buscam por aquilo que você oferece.

2) Tornar a sua proposta irresistível com base no que você aprendeu.

Quer entender um pouco mais sobre como o Google Funciona?

Se você for do tipo que gosta de entender o contexto, aqui tem um Vídeo Chamado “Como o Google Funciona” feito pelo Matt Cutts, um engenheiro de software americano que trabalhou na Google.

Agora já podemos começar a planejar a sua campanha no Google.

2) Como começar a anunciar no Google

A primeira coisa que você precisa saber é que há 2 formas de anunciar no Google.

Método 1 – Anunciar com o Google Ads

O Google Ads (antigo Google AdWords) é uma solução de publicidade on-line que as empresas usam para promover os seus produtos e serviços durante as Pesquisas no Google, YouTube e em outros sites parceiros do Google.

Link do Google Ads

Método 2 – Anunciar com o AdWords Express

O AdWords Express (antigo Google Express) é um produto de publicidade que gerencia automaticamente seus anúncios on-line sem a necessidade de realizar gerenciamento ou tarefas diariamente, com ele você vai ser encontrado por clientes através de anúncios no Google ou no Google Maps.

Link do AdWords Express

Em Resumo,

O Google Ads = Mais possibilidades de otimizações e possibilidades.

E o AdWord Express = Menos trabalho para gerenciar, mas tem algumas limitações.

Eu particularmente sempre opto pelo Google Ads, então hoje vou abordar aqui como criar uma campanha no Google Ads.

Como funciona a estrutura de uma conta no Google Ads

Uma conta no Google Ads tem 3 níveis que você precisa saber, Campanha, Grupos de Anúncios e Palavras-chaves.

Sobre cada nível da conta

Campanha: Uma campanha é um conjunto de Grupos de Anúncios, é aqui que você configura as Metas (o que você quer realizar: Vender, Gerar Leads, Downloads e etc.), onde seus anúncios devem aparecer, quanto você quer gastar por dia, qual a Estratégia de Lances e quando começa e termina a campanha, claro que ela não precisa ter data para terminar.

Grupos de Anúncios: Os grupos de anúncios são onde ficam “obviamente” os anúncios, as palavras-chaves , extensões e etc, é por isso que cada grupo de anúncio deve ter um tema específico, para se relacionarem.

Anúncios: É aqui onde você define grupos distintos contendo seus anúncios e palavras-chaves, vamos supor que você preste serviços como consultor de marketing, você poderia criar sua campanha assim: Grupo 1 = Sites, Grupo 2 = Anúncios Pagos, Grupo 3 = Redes Sociais e etc., dessa forma você relaciona cada grupo de anúncio a 1 tema e com esse nível de organização, você consegue mais resultados com menos esforço.

Palavras-Chave: As palavras-chaves são o coração para entender melhor o seu consumidor, uma palavra-chave é o texto que os usuários digitam em suas pesquisas. Por exemplo, “Quanto custa para anunciar no Google”, se você parar para pensar no contexto, você vai entender que essa pessoas está começando a formar uma ideia para anunciar algo, ele precisa de mais visibilidade e pensou no Google.

Extensões: São recursos extras dos anúncios que te ajudam a adicionar mais textos, seu número de telefone, localização do seu negócio, páginas específicas no seu site e outros recursos que vão destacar e reforçar a mensagem do seu anúncio.

Conheça a Interface do Google Ads

Essa é a interface inicial do Google Ads e nela você tem uma Visão Geral das suas campanhas, grupos de anúncios, anúncios e etc.

Agora que você já entende sobre a estrutura de uma Campanha no Google, você está pronto para começar a criar sua campanha.

3) Como planejar sua campanha no Google

Lembrando que não há jeito certo ou errado para se anunciar no Google, não existe uma estratégia definitiva, há o jeito que dá resultado para você.

Nota: Antes de começar criar e estruturar sua campanha no Google, você precisa planejá-la.

Agora vou te ensinar 2 métodos de fazer isso 😉

Método 1 – Planejamento da campanha a partir do seu site

Essa abordagem é bastante recomendada se você não for criar Landing Pages (vou explicar o que é isso lá em baixo, prometo) porque você vai estruturar a sua campanha para servir ao seu site.

Agora você vai listar quais são as páginas que contém seus produtos e/ou serviços que você quer anunciar e criar um grupo de anúncio para cada página do seu site, e se quiser pode renomeá-lo com o nome da página.

Dentro de cada grupo de anúncio, você vai fazer uma pesquisa de palavras-chaves e encontraras melhores para cada página do site.

Cada Página é um Grupo de Anúncio

Método 2 – Planejamento a partir da pesquisa de palavras-chaves

Já essa abordagem, é bastante recomendada se você tiver a possibilidade de criar páginas no seu site.

Uma outra vantagem é que começando pelas palavras-chaves, você vai entender 3 coisas:

1) A demanda (quantidade de buscas mensais).

2) O nível de competição que você vai enfrentar

3) Quanto em média será necessário investir (custo por clique de cada palavra-chave).

Agrupe palavras-chave semelhantes

Use de 15 à 20 palavras-chave por grupo de anúncio, assim fica fácil de manter o controle e identificar quais as mais lucrativas.

4) Hora de criar sua primeira campanha

Você precisa de 4 passos para criar a estrutura da sua campanha no Google.

1º - Vá até a Aba Campanhas

2º - Selecione a Meta da Campanha

Nota: Se você passar o mouse em cima das metas, ela já te indica qual o melhor Tipo de Campanha.

3º - Escolha onde a campanha será exibida

4º - Escolha o objetivo primário da campanha

Sua campanha está quase pronta, agora você já vai poder adicionar os Grupos de Anúncios, Anúncios, Extensões e etc. 😉

Eu recomendo a você criar 1 campanha diferente para cada objetivo.

Um bom exemplo seria criar as campanhas dessa forma:

Campanha 1 – Geração de Leads na Rede de Pesquisa com foco e levar visitantes ao site.

Campanha 2 – Geração de Leads na Rede de Pesquisa com foco em incentivar as pessoas a ligarem.

Campanha 3 – Geração de Leads na Rede de Pesquisa com foco em levar as pessoas até a nossa loja.

Dessa forma, você vai manter o foco nas suas ações e otimizações das campanhas.

5) Dicas para você criar anúncios eficientes

Dica 1: Observe os seus concorrentes com a Ferramenta de Diagnóstico e Visualização de Anúncios.
Se você estiver logado no Google Ads, você pode acessar a ferramenta clicando em Ir Para e digitando Ferramenta de Diagnóstico…

Dica 2:  Destaque no texto o que ele vai encontrar quando clicar no seu anúncio.

Dica 3: Coloque no seu texto diferenciais como: Consultoria Gratuita, Preço Acessível, 8 Anos de Mercado, Especializada em… e etc.

Dica 4: Sempre melhore os textos dos seus anúncios, deixe os textos que geram mais cliques e atualize os que geram menos cliques.

6) Use bem as extensões de anúncios

O objetivo de uma extensão de anúncio é maximizar o desempenho dos seus anúncios, por isso use e abuse deles para aumentar sua credibilidade e reforçar sua mensagem.

Tipos de Extensões e como usá-las

Sitelink: Você usa o sitelink para colocar páginas importantes do seu site, exemplo: quem somos, fale conosco, pedir orçamento, clientes atendidos e etc.

Frase de destaque: O que torna a sua empresa diferente dos seus concorrentes? O que você gostaria que as pessoas soubessem sobre a sua marca ou a sua oferta? Destaque tudo isso.

Snippets estruturados: Coloque informações valiosas sobre seus produtos e serviços aqui.

Chamada: Com essa extensão você adicionar um número de telefone ou um botão de chamadas no mobile em seus anúncios, trás bastante retorno.

Mensagem: Agiliza o contato com o cliente porque ele pode já ver o seu anúncio e enviar uma mensagem de texto para você.

Local: Você é bom em fechar negócios pessoalmente? então não se esqueça dessa extensão, ela vai incentivar as pessoas a visitarem seu negócio. Além disso, com essa extensão você pode exibir um botão de chamada e um link para uma página com mais detalhes sobre seu negócio, lá você poderá incluir o horário de funcionamento, produtos, serviços, fotos e as rotas até seu local físico.

Local de Afiliados: Essa extensão geralmente é usada por quem tem franquias, ela vai ajudar as pessoas a encontrarem as redes de lojas de varejo que fornecem seus produtos.

Preço: Insira seus produtos e serviços com os preços, é uma ótima estratégia para quem tem preços altos e para quem tem preços baixos. Quando você tem produtos e serviços com um preço elevado, colocando os preços você segmenta quem pode pagar e quem não pode, e quando você tem preços baixos, já atrai quem está buscando economia.

Extensões automáticas

Algumas vezes o Google vai criar extensões automáticas dentro dos seus anúncios para melhorar o seu desempenho, você pode ver essas extensões na aba ao lado de extensões.

7) Como funciona o orçamento no Google

Agora você vai entender quanto de investimento será necessário.

A primeira coisa que você precisa saber é que o Google Ads cobra de você cada vez que alguém clica em seus anúncios ou pela visualizações de seus anúncios, isso é o que chamamos de CPC (custo por clique) ou CPM (custo por mil impressões).

Quanto custa anunciar no Google?

Os investimentos no Google não possui um padrão de investimento, por isso todo mundo pode investir.

O que define se o seu orçamento será o suficiente para gerar retorno sobre o seu investimento, é o preço médio das palavras-chaves no seu segmento.

Mas você pode muito anunciar no Google com um orçamento de R$ 300,00 colocando R$ 10,00 por dia ou de R$ 3.000,00,  R$ 30.000,00 ou +.

Você vai perceber que quando criar a campanha certa e o seu ROI for positivo, é um investimento que fará com prazer.

Como o Google decide quais anúncios exibir?

Através do Leilão de Anúncios do Google, e ele funciona assim:

O algoritmo do Google vai analisar critérios como: palavra-chave digitada, lance da sua palavra-chave, índice de qualidade do anúncio, segmentação de local (região onde a pesquisa foi feita) e outros fatores para determinar quais anúncios exibir e em qual colocação.

8) Aprenda a escolher as palavras-chave certas

Primeiro, você precisa entender que seus anúncios são exibidos em 3 posicionamentos nos resultados das buscas, e cada posição tem um custo.

O Primeiro lugar ou a posição 1.

Esse é o Topo das Buscas no Google.

Esse é a Parte Inferior das Buscas no Google.

Você vai receber cliques em todas as posições, claro que a posição 1 e o topo das buscas sempre recebem mais visibilidade e logo tem um custo por clique maior.

Por isso, se você tem um bom orçamento, precisa de quantidade e quer retorno rápido, foque na posição 1 e no topo das buscas.

Caso o seu orçamento for baixo, dê lances nas suas palavras-chaves para ficar entre o topo e os resultados na parte de baixo dos resultados.

O que são os Lances de Palavras-chave

Os Lances são o preço que você está disposto a pagar por cada palavra-chave e cada lance influência diretamente tanto na posição dos seus anúncios, quanto na exibição ou não deles.

Nota: Você tem como ver na aba de palavras-chave quanto estão custando os lances para a posição número 1, topo e a parte inferior das buscas.

Aprenda agora como fazer uma pesquisa de palavras-chave

Para encontrar as palavras-chave você vai precisar de uma ferramenta, eu vou te apresentar 2:

A primeira é a ferramenta oficial do Google, o 👉 Planejador de Palavras-chave.

A segunda é a 👉 Ubersuggest, ferramenta comprada, mantida e melhorada pelo fantástico Neil Patel.

Agora você só precisa digitar dentro do campo de busca o que você digitaria se estivesse procurando pelo seu serviço ou produto, e então selecionar entre os resultados as palavras-chaves que forem mais relevantes.

E lembre-se de analisar o CPC (custo por clique) e o Volume de Busca de cada palavra-chave.

É IMPORTANTE você usar a correspondência de palavra-chave

Com a correspondência de palavra-chave você evita que seus anúncios apareçam para resultados irrelevantes.

Por isso, sempre use a correspondência certa, existem 5 tipos.

1 – Ampla: Ela vai exibir seus anúncios em todas as buscas que tiverem suas palavras-chave, inclusive se forem sinônimos dela, não recomendada porque ela oferece pouco controle.

Exemplo de Uso: palavra-chave

2 – Ampla modificada: Funciona da mesma maneira que a ampla, mas contém um sinal de + antes da palavra-chave, e com ela você aparece para variações próximas da sua palavra-chave, também oferece pouco controle sobre as exibições.

Exemplo de Uso: +palavra-chave

3 – Frase: Seus anúncios vão ser exibidos para sua palavra-chave ou variações próximas dela, recomendo você começar com ela porque não é tão aberta quanto a ampla e nem tão restritiva quanto a exata.

Exemplo de Uso: “palavra-chave”

4 – Exata: Só exibe seus anúncios se a pessoa digitar exatamente a sua palavra-chave, te dá controle e gera mais qualidade, mas em geral é muito restritiva e deve ser usadas em palavras-chaves relevantes e com bastante volume de tráfego.

Exemplo de Uso: [palavra-chave]

5 – Negativa: Essa é sem dúvidas muito importante para você, vamos supor que você anuncia a venda de um software e muitas pessoas querendo fazer um curso para aquele software estão te encontrando, você negativa a palavra-chave -curso e seus anúncios não vão ser exibidos para buscar de pessoas procurando por cursos.

Exemplo de Uso: -palavra-chave

9) Instale o acompanhamento de conversão

Quando eu comecei a trabalhar com o Google Ads eu simplesmente não mensurei minhas campanhas, e com isso eu perdi muito dinheiro de verdade, porque eu não sabia X coisas:

1 – Quais palavras-chaves eram mais lucrativas.

2 – Quais anúncios geravam mais conversões.

3 – Qual era o perfil do público-alvo que mais convertia.

4 – Quais os horários e dias que mais convertiam.

5 – Quais dispositivos eram mais lucrativos, celular, tablet ou desktops.

Você entendeu a beleza do acompanhamento de conversões? Informação é Poder.

Nesse caso o poder de focar no que dá resultado e descartar o que não dá.

10) teste a relevância da sua campanha

Quer saber se a sua campanha está relevante? Então crie um mapa mental das suas estruturas envolvendo “As palavras-chave” + “Seus Anúncios” + “Seu Site” e analise 4 coisas:

1 – Se o cliente em potencial digitar aquela palavra-chave, o texto do seu anúncio vai ser relevante?

2 – Se o cliente em potencial digitar aquela palavra-chave, o texto do seu anúncio vai explicar o benefício de clicar nele?

3 – Quando ele clicar no seu anúncio e chegar na sua página, ela vai entregar para ele exatamente o que foi prometido?

4 – Quando ele clicar no seu anúncio e chegar na sua página, ela vai passar a sensação de segurança?

Se a resposta for sim para todas as perguntas, você já começou melhor que a maioria.

Conclusão

As pessoas vão usar o Google quando quiserem comprar algo que você pode vender.

E tudo o que você tem que fazer é criar a campanha certa para estar lá no momento dessa decisão de compra.

Mas lembre-se, você também precisa ter mais 2 estratégias:

1º, Para gerar confiança para fechar 1 venda.

2º, Para manter contato enquanto o cliente continua a formar sua opinião antes do seu momento de compra.

Espero que te ajude e se precisar, estou aqui. Se quiser saber algo mais, deixe um comentário que vou ler e responder com o maior prazer.

E claro, compartilhe com a sua Rede Social, vou me sentir realizado e grato.

Bons Negócios.

Compartilhe e Comente ❤️

Top

latest android games

|

popular android games

Whats chat
Dúvidas?