fbpx
Wi-Fi: 7 curiosidades sobre a tecnologia que mudou o mundo

Wi-Fi: 7 curiosidades sobre a tecnologia que mudou o mundo

Criado em 1997, o padrão de conexão só chegou ao Brasil em 2008

Você já imaginou viver atualmente em um mundo sem plataformas de streaming ou Whatsapp? Ou que tudo que fosse feito na internet precisasse de cabos para funcionar? O Wi-Fi revolucionou a vida como a conhecemos e virou um dos itens de maior destaque e uso na rotina. Afinal, ficamos 99% do tempo conectados de alguma forma, seja para trabalhar e estudar, seja para se entreter.

 

Com mais de 20 anos de criação, a rede Wi-Fi se tornou a principal alternativa de conexão à internet, devido à facilidade e praticidade que proporciona. Apesar da grande utilização, muita gente não sabe como a tecnologia surgiu ou funciona.

 

Por isso, confira sete curiosidades sobre o Wi-Fi listadas por Alexandre Nogueira, Gerente Executivo de Vendas da Mercusys, e Marcello Liviero, diretor comercial da TP-Link no Brasil.

1. Origem na Segunda Guerra Mundial

O primeiro protótipo de Wi-Fi foi produzido durante a Segunda Guerra Mundial pela atriz Hedy Lamarr, que criou e patenteou uma espécie de torpedo guiado por rádio. Anos mais tarde, o recurso acabou dando origem ao primeiro padrão de conexão sem fio.

2. O nome

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o nome Wi-Fi não tem um significado específico. A sigla é uma abreviação de Wireless Fidelity, que significa fidelidade sem fio. O termo também é uma mistura do conceito de Wireless com Hi-Fi, que abrevia High Fidelity (alta fidelidade), anunciando um tipo de conexão que garante a fidelidade da comunicação, mesmo sem o uso de cabos.

3. Popularização

Após anos de desenvolvimento, em 1997, os pesquisadores lançaram a primeira versão da tecnologia. Em 2000, os primeiros espaços públicos começaram a disponibilizar internet sem fio ao redor do mundo. O Wi-Fi chegou ao Brasil apenas em 2008, quando equipamentos com sistema Android começaram a se popularizar no país.

4. Ondas de rádio

Wi-Fi é uma tecnologia que usa ondas de rádio para transferir informações de um dispositivo para outro, possibilitando que computadores, celulares e outros aparelhos acessem a internet e se comuniquem. Segundo Alexandre, para que um dispositivo tenha acesso a esses sinais, é preciso que esteja dentro do “hotspot”, ou seja, inserido em um determinado raio de ação, no alcance das ondas.

5. Dispositivos conectados

Atualmente, 5,2 bilhões de dispositivos que usam a tecnologia estão ativos ​​em todo o mundo, segundo dados do estudo “Fatos e Estatísticas”, da World Wi-Fi Day.

6. Padrões

Existem diversos padrões de Wi-Fi que foram evoluindo ao longo dos anos. Segundo Marcello, o primeiro padrão tinha uma velocidade muito limitada, transmitindo no máximo 1 mbps (megabyte por segundo). O mais recente, o padrão Wi-Fi 6E, é responsável por uma conectividade mais estável e eficiente, chegando a transmitir até 6 ghz.

7. Internet das Coisas

Retratada na ficção como extremamente futurista, a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) é uma realidade e só é possível por conta do Wi-Fi. O mercado de dispositivos inteligentes cresce em alta velocidade e as casas estão cada vez mais conectadas, contendo desde o acendimento de lâmpadas por comando de voz até o controle de eletrodomésticos.

 

Recomende o conteúdo

blankQuem Somos

Agência de marketing digital localizada na zona sul de São Paulo com mais de 11 anos de experiência em soluções digitais para pequenas empresas.

Somos uma agência de performance, nossas ações são guiadas por dados e com foco em um objetivo.

A nossa missão é empoderar você e facilitar sua tomada de decisões para que você possa ir tão longe quanto a sua imaginação e ousadia permitirem.

Além dos Serviços de Marketing Digital, nós desenvolvemos Ferramentas e Produtos para o mercado.

 

Sobre Nós

Top

latest android games

|

popular android games