fbpx
Novo Google Tensor pode ser feito pela Samsung com nova litografia

Novo Google Tensor pode ser feito pela Samsung com nova litografia

A prévia do Pixel 7 e do Pixel 7 Pro durante o I/O 2022 revelou que os novos celulares do Google usarão a próxima geração do chipset Tensor, que deve seguir sendo projetado em parceria com a Samsung. Nesta terça-feira (31), o sul-coreano DDaily trouxe supostos detalhes sobre o futuro processador da Gigante das Buscas.

Segundo as fontes do portal, a segunda geração do Google Tensor será produzida novamente pela Samsung. Em vez de usar a litografia de 5 nanômetros do modelo atual, o chip pode ser fabricado com o processo de 4 nm da empresa sul-coreana.

Vale mencionar que o Snapdragon 8 Gen 1 da Qualcomm também usa a litografia de 4 nm da Samsung, o que gerou um ganho considerável de desempenho e eficiência comparado com o Snapdragon 888 de 5 nm — o processo também é usado no Exynos 2200 de projeto próprio da sul-coreana, que pode servir como base para o próximo Google Tensor.

Contudo, a marca americana mostrou descontentamento com o trabalho da fornecedora e migrou a produção dos novos processadores para a TSMC, além de adiantar o lançamento do Snapdragon 8 Plus Gen 1 já sob os cuidados da fundição taiwanesa.

Novo Google Tensor pode começar a ser fabricado em junho de 2022 (Imagem: Divulgação/Google)

Novo Google Tensor pode começar a ser fabricado em junho de 2022 (Imagem: Divulgação/Google)

Em relação a especificações, o DDaily cita que o novo Google Tensor usará a tecnologia Panel Level Package (PLP). Essa é uma técnica de embalagem em que os chips recortados da forma são colocados em um painel retangular, minimizando a borda descartada e reduzindo os custos da fabricação.

Segundo a publicação sul-coreana, a produção em massa dos novos processadores do Google deve começar em junho de 2022. Para mais, o artigo sugere que a série Pixel 7 poderá ser lançada em outubro deste ano.

Publicação coreana indica que a linha Pixel 7 será lançada em outubro (Imagem: Reprodução/Google)

Publicação coreana indica que a linha Pixel 7 será lançada em outubro (Imagem: Reprodução/Google)

O que esperar da segunda geração do Google Tensor

O Google afirmou que a nova geração do Tensor trará mais recursos úteis e personalizados para fotos, vídeos e reconhecimento de fala para a linha Pixel 7. Como visto no primeiro modelo, o processador deve ampliar o foco na inteligência artificial.

O Google Tensor original usa CPU com dois núcleos ARM Cortex-X1 com clock de 2,8 GHz, dois núcleos de alta performance Cortex-A76 com 2,25 GHz e quatro núcleos Cortex-A55 de eficiência com 1,8 GHz. Lançado em 2021, o componente tem alguns pontos em comum com o Exynos 2100 usado pela Samsung na linha Galaxy S21, algo que deve se repetir na nova geração.

Com isso, é possível supor que o próximo chipset do Google terá melhorias dos núcleos com ajustes de CPU e GPU, entrando de vez na arquitetura ARM v9 para aproveitar as novas tecnologias embarcadas. Bem como, ele deve se beneficiar do novo processo de fabricação para entregar melhor performance e maior economia de bateria para os dispositivos.

https://canaltech.com.br/hardware/novo-google-tensor-pode-ser-feito-pela-samsung-com-nova-litografia-217652/

Recomende o conteúdo

blankQuem Somos

Agência de marketing digital localizada na zona sul de São Paulo com mais de 11 anos de experiência em soluções digitais para pequenas empresas.

Somos uma agência de performance, nossas ações são guiadas por dados e com foco em um objetivo.

A nossa missão é empoderar você e facilitar sua tomada de decisões para que você possa ir tão longe quanto a sua imaginação e ousadia permitirem.

Além dos Serviços de Marketing Digital, nós desenvolvemos Ferramentas e Produtos para o mercado.

 

Sobre Nós

Top

latest android games

|

popular android games