fbpx
blank

E-commerce aponta Crescimento de 41% e segue em alta

Tempo Estimado de Leitura: 2 minutos

Em março 2021, completou um ano que o Brasil teve a notícia que a deveria fazer o isolamento social com objetivo de conter o avanço do novo coronavírus. De lá para cá já se foram mais de um ano.

Com parte do comercio e lojas físicas fechadas, as empresas recorreram ao digital, em especial às lojas virtuais, e isso impulsionou o crescimento do setor.

De acordo com o relatório da Webshoppers 43, da Ebit/Nielsen e do Bexs Banco, o setor de comércio eletrônico alcançou um faturamento de R$ 87,4 milhões e com alta de 41% em 2020. Registrando maior índice de alta em 13 anos.

Só para ilustrar esses números, quando o assunto foi comércio online antes da pandemia, em 2018 teve um crescimento de 12% e em 2019, de 16%.

blank

O objetivo da WebShoppers é difundir informações para o entendimento do comércio eletrônico do Brasil.

Divulgando semestralmente, o relatório analisa a evolução do e-commerce, tendências e estimativas, as mudanças de comportamento e preferências dos e-consumidores. (Fonte Sebrae).

Marcelo Osani, head de Ecommerce da Ebit Nielsen, lembra que,  as compras finalizadas pelo celular também tiveram crescimento expressivo e já representam 55,1% do total de negócios fechados, em valores, o equivalente quase R$ 46 bilhões.

Os números são justificados por uma série de fatores. Segundo Agência Brasil a cada quatro brasileiros, três acessam a internet (equivalente a 134 milhões de pessoas).

As informações são da pesquisa TIC Domicílios 2019, mais importante levantamento sobre acesso a tecnologias da informação e comunicação, realizada pelo Centro Regional para o Desenvolvimento de Estudos sobre a Sociedade da Informação (Cetic.br), vinculado ao Comitê Gestor da Internet no Brasil.

blank

Diferencial para concluir uma venda

Com o crescimento considerável de vendas online e de lojas que aderiram ao comércio eletrônico, o consumidor procura o diferencial e o frete grátis responde por 43% da compras.

De acordo com a imagem abaixo, você verá que o grau de exigência do consumidor aumenta quanto ele tem que pagar pelo frete.

blank

* DICA: Invista em Frete Grátis para impulsionar as suas vendas

Perspectivas para 2021

A Ebit Nielsen realizou uma pesquisa e o resultado indica que em 2021, o e-commerce poderá alcançar uma média de 225 milhões de pedido e assim pontuar um crescimento de 16%.

Em faturamento, a expectativa é de R$ 110 bilhões.

Recomende o conteúdo

Top

latest android games

|

popular android games