Sobre Nós

Acreditamos que fortalecer as economias locais é o caminho para um futuro mais próspero e justo.

Nossa missão é expandir as possibilidades para estas comunidades fornecendo soluções e informações.

Vislumbramos um futuro onde tenhamos construído um ambiente de crescimento sustentável para empresas e empreendedores.

Sobre a Mardini Agência Digital

Clientes

+ de 500 Clientes Atendidos em 4 Continentes, 10 Países e 41 Estados

ONU
ACNUR
Algar Telecom
UniCesumar
ZERO Markets
ALED by Atacadão LED
Empresa Júnior Mackenzie Consultoria
Ocean Indústria Química
Nativeg
Contuflex
Classe A Saúde e Higiene
Clínicas Helder Flor
blank
blank
blank
blank
blank
blank
Instituto Gastronômico das Américas
blank
PeopleXperience
Tri-county Millwork
LV Sparkle Cleaning
blank
BR Market
blank
Zoom Educação Corporativa
blank
ApZero
blank

Diferenciais

Refletem nosso compromisso com a liberdade, flexibilidade e simplicidade

Contratos
sem Fidelidade

Você não vai mais ficar preso em contratos não lucrativos.

Nós vamos trabalhar juntos por uma parceria de longo prazo.

Precificação
por Porte

Já imaginou pagar um valor condizente com o porte da sua empresa? 

Nós não só imaginamos, nós colocamos em prática. 

Marketing
Inteligente

Nós entedemos o seu

  • Modelo de negócio
  • Marca
  • Objeções
  • Motivações
  • Indicadores

E transformamos em ações.

Atendimento
Descomplicado

  • Grupo no WhatsApp?
  • Reuniões mensais? 
  • Check-points de entrega? 
  • Relatórios?

Conte conosco. 

Portfólio

Sites, Landing PagesBlogs, Lojas Virtuais e outros projetos

Liamar Treinamentos
Landing Page, Site
Zoom Educação Corporativa
Blog, Site
Tri-county Millwork
Blog, Site
Contuflex
Blog, Site
ApZero
Portal
LV Sparkle Cleaning
Site
ALED by Atacadão LED
Blog
PeopleXperience
Site
Salamandra Filmes
Site
Federação Paulista de Atletismo
Portal
CMV Films
Site
ENGEMAT
Site
Cambridge Telecomunicações
Site
blank
Landing Page
BS Company
Site

Casos de Sucesso

Marketing Digital orientado ao sucesso de cada cliente atendido

blank
Aumento de 40% nas Vendas
Google Ads + Meta Ads
blank
Aumento de 20% nas Vendas
Meta Ads
blank
Aumento de 100% nas Vendas
Consultoria
blank
Aumento de 1.200% nos Leads
Google Ads
Nativeg
Aumento de 200% nas Vendas
Google Ads
blank
Aumento de 50% nas Vendas
Google Ads + Meta Ads
blank
Aumento de 100% nas Vendas
Consultoria
Letras & Poesia
Aumento de 100% nas Vendas
Google Ads + Meta Ads
blank
Aumento de 60% nos Leads
Consultoria
Clínicas Helder Flor
Aumento de 100% nas Vendas
Google Ads + Meta Ads
blank
Aumento de 400% nos Leads
Google Ads
blank
Aumento de 300% nas Vendas
Google Ads

Perguntas Frequentes

Selecionamos as melhores dúvidas e insights que recebemos para você

Como funciona o contrato sem fidelidade?

A MARDINI adota uma política de contrato sem fidelidade para garantir que você sempre tenha o poder de decisão nas mãos. Nossa filosofia é simples: se você está satisfeito e obtendo resultados, você vai querer continuar conosco.

 

Não dependemos de termos contratuais para manter nossos clientes, mas sim da qualidade e eficácia dos nossos serviços. Isso faz parte do nosso compromisso de oferecer liberdade e construir uma relação de confiança duradoura.

Qual a diferença entre a Experiência de Compra e o Sucesso do Cliente?

Experiência de compra

A Experiência de Compra envolve cada detalhe que faz com que os clientes sintam que fizeram a escolha certa ao escolher sua empresa. Isso inclui:

  • Brindes e materiais no pós-venda para surpreender positivamente.
  • Entregas inesperadas que excedam as expectativas.
  • Atendimento personalizado que atende às necessidades individuais.
  • Conteúdos educativos para ajudar na decisão de compra.
  • Processos de compra e contato simplificados, garantindo facilidade e agilidade.

Essas ações são projetadas para personalizar e agilizar a experiência, tornando cada interação memorável e satisfatória.

 
Sucesso do Cliente

O Sucesso do Cliente é focado em garantir que os clientes utilizem suas soluções da melhor maneira possível, alcançando os resultados desejados. Isso é alcançado através de:

  • Materiais educativos que orientam sobre como maximizar o uso dos produtos ou serviços.
  • Atendimento personalizado que continua após a compra.
  • Suporte proativo para resolver problemas antes que eles surjam.
  • Programas de onboarding que facilitam o início da utilização das soluções.
  • Processos bem definidos que garantem uma experiência consistente.
  • Monitoramento contínuo para adaptar e melhorar os serviços.
  • Programas de fidelidade que incentivam a continuidade e o aprofundamento da relação.

Estas iniciativas visam não apenas a satisfação, mas o sucesso contínuo do cliente, assegurando que eles obtenham o máximo valor de suas soluções e permaneçam engajados a longo prazo.

Qual a diferença entre vender no Google e nas Redes Sociais?

Vender no Google

Quando uma necessidade ou urgência surge, as pessoas geralmente recorrem ao Google para buscar soluções. Elas têm uma demanda ativa, ou seja, já estão procurando por algo específico. A decisão de compra é influenciada por fatores como nível de necessidade, compreensão do problema e urgência.

Portanto, o Google é um ótimo canal para alcançar essas pessoas que estão prontas para comprar ou pelo menos mais propensas a considerar uma compra.

Para vender no Google, é essencial otimizar sua presença nos resultados de busca, garantindo que seu produto ou serviço seja facilmente encontrado quando as pessoas pesquisarem por soluções relacionadas ao que você oferece.

Você consegue aprimorar a sua presença através de:

  • Google Ads
  • Otimizações no Site e Blog
  • Otimizações no Google Meu Negócio
  • Conteúdo para Blog
  • Vídeos no YouTube
  • Imagens e PDF em Sites
  • Google Notícias
 
Vender nas Redes Sociais

Nas Redes Sociais, a situação é diferente. Muitas pessoas não estão ativamente procurando comprar algo, mas ainda podem ser seu público-alvo. Nesse caso, você precisa criar uma estratégia que desperte a demanda. Isso é feito através de conteúdo que eduque, engaje e gere interesse na solução que você oferece.

Um dos pontos fortes das Redes Sociais é a alta capacidade de segmentação e análise de intenções. Isso permite identificar comportamentos, interesses e dados demográficos para atingir um público específico. Ao usar esses insights, você pode criar campanhas que despertem o interesse, gerem conexões e, eventualmente, resultem em vendas.

Portanto, enquanto o Google é mais adequado para alcançar pessoas com demanda ativa, as Redes Sociais são ideais para criar demanda onde ela ainda não existe, transformando usuários comuns em potenciais clientes.

Você consegue alcançar este objetivo através de:

  • Gestão de redes sociais
  • Produção de conteúdos
  • Anúncios
  • SAC

Como uma campanha de reconhecimento de marca me faz vender mais?

Imagine que existem 100.000 pessoas que se encaixam perfeitamente no perfil do seu cliente ideal. Todos os dias, 3.000 dessas pessoas estão ativamente buscando produtos ou serviços como os seus.

O grande desafio é: quantas dessas pessoas conhecem a sua marca, entendem o que você torna sua empresa diferente e confiam em você para resolver seus problemas?

Aqui entra a importância do reconhecimento de marca. Campanhas voltadas para o reconhecimento de marca ajudam a garantir que sua empresa seja a primeira que vem à mente de boa parte destas 3.000 buscas diárias que sempre acontecem. As ações típicas incluem:

  • Conteúdo em Blogs: Respondendo dúvidas frequentes e mostrando sua expertise.
  • Publicações nas Redes Sociais: Criando conteúdos que engajam, informam e encantam.
  • E-mails Storytelling: Narrativas que conectam emocionalmente e destacam os valores da sua marca.
  • Vídeos no YouTube: Educando e engajando potenciais clientes com conteúdo visual.
  • Materiais Ricos: E-books com informações para os clientes se informarem.

Essas ações aumentam a visibilidade da sua marca e constroem uma percepção positiva. Quando as pessoas conhecem e confiam na sua marca, a probabilidade de escolherem seus produtos ou serviços quando precisarem aumenta significativamente, impulsionando suas vendas.

Quais são as tecnologias essências para uma Pequena Empresa?

Para enfrentar os desafios do mercado atual, as pequenas empresas precisam adotar tecnologias que não apenas otimizem suas operações, mas também fortaleçam sua competitividade. Entre os maiores desafios estão a alta competitividade, o orçamento limitado, a mão de obra muitas vezes pouco qualificada, e o excesso de tarefas. Diante disso, algumas tecnologias se destacam como essenciais:

 
Ferramentas de Marketing Digital
  • Google Ads: Permite criar e gerenciar campanhas de publicidade pagas nos resultados de pesquisa do Google e em sua rede de sites parceiros.
  • Ubersuggest: Ferramenta de SEO que oferece insights sobre palavras-chave, análise de concorrência e sugestões para otimização de conteúdo.
  • Facebook Ads: Plataforma de publicidade para criar anúncios segmentados nas redes sociais Facebook e Instagram.
  • Mailchimp: Uma solução de automação de marketing que facilita o envio de e-mails marketing, a gestão de campanhas e a análise de resultados.
 
Ferramentas Analíticas
  • Google Analytics 4 (GA4): A mais recente versão do Google Analytics, oferece análise abrangente do comportamento do usuário em websites e aplicativos.
  • Google Search Console: Ferramenta gratuita que ajuda a monitorar e manter a presença do seu site nos resultados de pesquisa do Google, além de resolver problemas técnicos.
  • Microsoft Clarity: Ferramenta que fornece análise comportamental e heatmaps para entender como os usuários interagem com seu site.
  • Hotjar: Oferece mapas de calor, gravações de sessão e outras análises para entender o comportamento do usuário no site.
 
Ferramentas de Vendas
  • Salesforce CRM: Uma das plataformas de CRM mais robustas, oferece uma vasta gama de funcionalidades para gestão de vendas, atendimento ao cliente e marketing.
  • HubSpot CRM: Gratuito e integrado com outras ferramentas HubSpot, é ideal para pequenas empresas que precisam de uma solução de CRM eficiente e fácil de usar.
 
Ferramentas de Gestão de Equipes
  • Notion: Uma plataforma versátil para notas, tarefas e gestão de projetos, que permite organizar praticamente tudo em um só lugar.
  • Trello: Baseado no método Kanban, é excelente para gerenciar projetos e tarefas em quadros visuais que facilitam o acompanhamento do progresso.

Além das ferramentas, crie rotinas:

  1. Pesquisas de mercado
  2. Consultorias
  3. Reuniões internas

Para aprimorar o seu modelo de negócio.

Como eu defino o tamanho do meu mercado?

Definir o tamanho do mercado é crucial para entender o potencial de crescimento do seu negócio. Aqui estão algumas estratégias e ferramentas que podem ajudar, dependendo se sua empresa vende para outras empresas (B2B) ou diretamente para consumidores (B2C).

 
Para empresas que vendem para empresas (B2B)

Para estimar o tamanho do seu mercado B2B, é essencial identificar o número de empresas que podem se beneficiar de seu produto ou serviço. Algumas ferramentas úteis incluem:

  • Data Sebrae: Oferece dados sobre pequenas e médias empresas no Brasil, incluindo quantidade por setor e região.
  • Econodata: Plataforma que disponibiliza informações detalhadas sobre empresas brasileiras, incluindo número de empregados, receita e atividade econômica.
  • LinkedIn: Uma rede social profissional onde você pode identificar empresas por setor, localização e tamanho, visualizando também perfis de decisores chave.

Além disso, associações comerciais e câmaras de comércio locais podem ser fontes valiosas para entender melhor o mercado e identificar potenciais clientes.

 
Para empresas que vendem para pessoas (B2C)

Ao vender para consumidores, é importante entender não só o número de potenciais clientes, mas também suas características geográficas e econômicas. Ferramentas e métodos para estimar isso incluem:

  • Censos demográficos e dados do IBGE: Proporcionam informações valiosas sobre a população, renda e outros dados socioeconômicos de diferentes regiões.
  • Google Trends: Permite explorar as tendências de pesquisa relacionadas ao seu produto ou serviço, ajudando a medir o interesse e a demanda ao longo do tempo.
  • Redes Sociais: Plataformas como Facebook e Instagram oferecem insights sobre o volume de usuários ativos e suas características demográficas, que podem ser analisadas para entender o tamanho do mercado.
  • Ferramentas de geolocalização do Google: Como o Google Maps e o Google AdWords, que podem ser usados para estimar a demanda em locais específicos através de análises de busca e comportamento de navegação.

Cada uma dessas ferramentas e estratégias pode oferecer insights valiosos para definir e entender o tamanho do seu mercado, permitindo que você faça planejamentos mais precisos e direcione seus esforços de marketing de forma mais eficaz.

Quais são as melhores Automações para Pequenas Empresas?

A automação é uma ferramenta poderosa para pequenas empresas, permitindo que elas aumentem significativamente sua produtividade ao reduzir o tempo gasto em tarefas repetitivas e operacionais. Isso libera a equipe para se concentrar em atividades mais estratégicas e de maior valor, como desenvolvimento de novos produtos, atendimento ao cliente e estratégias de crescimento. Além disso, a automação pode ajudar a minimizar erros, melhorar a consistência dos processos e acelerar a entrega de serviços ou produtos.

Aqui estão alguns tipos de automações essenciais para pequenas empresas:

  1. Automação de Atendimento ao Cliente

    • Inteligências artificiais: Utilizam algoritmos de aprendizado de máquina para oferecer respostas personalizadas e precisas. Essas ferramentas podem melhorar com cada interação, proporcionando um atendimento ao cliente mais eficiente e reduzindo a necessidade de intervenção humana.
    • Chatbots: Utilizados em websites e redes sociais para responder perguntas frequentes e solucionar problemas básicos sem intervenção humana.
    • Sistemas de Ticketing: Automatizam o recebimento e a gestão de solicitações de clientes, assegurando que nenhuma demanda seja perdida ou esquecida.
  2. Automação de Marketing

    • E-mail Marketing: Plataformas como Mailchimp e HubSpot permitem automatizar o envio de e-mails, segmentar listas de contatos, e rastrear a eficácia das campanhas.
    • Anúncios Online: Ferramentas como Google Ads e Facebook Ads permitem a programação e automação de campanhas publicitárias, ajustando-as em tempo real baseado no comportamento do usuário.
  3. Automação de Vendas

    • CRMs: Sistemas como Salesforce e HubSpot CRM automatizam a gestão de contatos, acompanhamento de leads e vendas, facilitando o ciclo de vendas e melhorando a experiência do cliente.
    • Propostas e Orçamentos: Ferramentas como PandaDoc permitem a criação e envio automatizado de propostas comerciais, acelerando o processo de negociação e fechamento.
  4. Automação de Gestão de Tarefas e Projetos

    • Trello e Asana: Automatizam o acompanhamento de projetos e tarefas, permitindo que a equipe visualize o progresso e colabore de maneira eficiente.
    • Automatização de Workflows: Ferramentas como Zapier e Microsoft Power Automate permitem a criação de workflows que conectam diferentes aplicativos, automatizando tarefas rotineiras entre plataformas.
  5. Automação Financeira

    • Contabilidade e Faturamento: Softwares como QuickBooks e Xero automatizam a contabilidade, gestão de despesas e faturamento, reduzindo o tempo gasto em papelada e aumentando a precisão dos dados financeiros.

Investir em automação pode transformar a operação de uma pequena empresa, tornando-a mais eficiente, menos propensa a erros e mais focada em crescimento. Assim, pequenas empresas podem competir em níveis mais altos, aproveitando melhor seus recursos e maximizando suas oportunidades de sucesso.

Como calcular o Custo por Aquisição de Cliente através do Marketing Digital?

O Custo por Aquisição de Cliente (CAC) é uma métrica fundamental no marketing digital, pois indica o custo total para adquirir um novo cliente. Para calcular o CAC eficazmente, é essencial entender o funil de conversão completo e considerar os custos operacionais associados. Aqui está uma explicação detalhada do processo:

  1. Impressões: São o número total de vezes que seu anúncio é exibido. Cada impressão representa uma oportunidade para potenciais clientes verem seu anúncio.

  2. CTR/Cliques: O Click-Through Rate (CTR) é a porcentagem de impressões que resultam em cliques. Este é um indicador da relevância e eficácia do seu anúncio.

  3. Visitantes: São os usuários que clicam no seu anúncio e visitam seu site. Nem todos os cliques se convertem em visitas devido a problemas como carregamento lento da página.

  4. Leads: Visitantes que demonstram interesse no seu produto ou serviço ao preencher um formulário, assinar uma newsletter, ou realizar outra ação que os identifique como potenciais clientes.

  5. Leads Qualificados: Dentro do grupo de leads, alguns serão mais propensos a se tornarem clientes com base em critérios específicos, como orçamento, necessidade e tempo de compra.

  6. Negócios Fechados: Estes são os leads que se convertem em vendas efetivas, o que finalmente gera receita para a empresa.

  7. Tempo Médio de Fechamento: É o tempo que leva desde o primeiro contato com o lead até o fechamento da venda. Esse indicador pode ajudar a entender a eficiência do processo de vendas.

Custos Operacionais: Além dos custos de publicidade, é crucial incluir o custo com o time operacional ou a agência de marketing digital responsável pelas campanhas. Embora estes custos tendam a ser menores comparados aos custos diretos de publicidade, eles são essenciais para executar e otimizar as estratégias de marketing.

Ferramenta de Vendas ou CRM: Uma ferramenta de CRM é vital para rastrear e gerenciar as interações com cada lead e cliente ao longo do funil de vendas. Ela permite analisar os dados coletados em cada etapa do processo, otimizando as estratégias de marketing e vendas para reduzir o CAC.

Finalmente, para calcular o CAC, some todos os custos de marketing e operacionais associados à aquisição de clientes e divida esse valor pelo número de clientes adquiridos durante o mesmo período. O resultado será o Custo por Aquisição de Cliente, uma métrica crucial para avaliar a eficiência das suas estratégias de marketing digital. Acompanhar o CAC ao longo do tempo ajuda a identificar oportunidades de otimização e garantir um retorno sobre o investimento (ROI) saudável.

Como definir o Orçamento certo para o seu Marketing?

Definir um orçamento de marketing assertivo é crucial para maximizar o retorno sobre o investimento (ROI) e alcançar metas de crescimento sustentável. Como vimos em "Como calcular o Custo por Aquisição de Cliente", entender o custo de cada componente do funil de vendas — desde o custo por lead até a taxa de conversão de leads qualificados em clientes — é essencial.

Análise Detalhada do Custo por Aquisição de Cliente (CAC): Para definir um orçamento assertivo, é fundamental ter uma visão clara do CAC. Isso inclui compreender:

    • Custo por Lead: Quanto custa gerar um novo lead. Isso ajuda a determinar o investimento necessário em campanhas de marketing.
    • Porcentagem de Leads Qualificados: A proporção de leads que se convertem em oportunidades reais. Isso indica a eficácia das suas campanhas e qualificação de leads.
    • Taxa de Fechamento: A porcentagem de oportunidades que se convertem em vendas. Esse número reflete a eficácia das suas estratégias de vendas e do processo de fechamento.
    • Tempo Médio de Fechamento: Quanto tempo leva para converter um lead em cliente. Um ciclo de vendas mais longo pode aumentar o CAC e afetar o fluxo de caixa.

Uso de uma Ferramenta de CRM: Um sistema de CRM robusto é indispensável para rastrear e analisar essas métricas com precisão. Ele permite:

    • Monitorar cada etapa do funil de vendas.
    • Identificar gargalos e áreas de melhoria no processo de conversão.
    • Ajustar as estratégias de marketing e vendas com base em dados concretos.

Com essas informações em mãos, você pode:

 

1) Calcular o Investimento Baseado no Ticket Médio:

  • Utilize o ticket médio (valor médio de venda por cliente) para calcular quanto investimento é necessário para atingir suas metas de vendas. Por exemplo, se o ticket médio é R$500 e sua meta é R$100.000, você precisa de 200 novos clientes. Se o CAC é R$50, então o investimento necessário em marketing será de R$10.000.

 

2) Otimizar Estratégias para Reduzir o CAC:

  • Analise as estratégias de marketing e vendas para identificar oportunidades de otimização. Isso pode incluir aprimorar a qualificação de leads, melhorar o atendimento ao cliente, ou refinar as campanhas de marketing para aumentar a conversão. Cada melhoria pode diminuir o CAC e, consequentemente, aumentar o ROI.

Definir um orçamento de marketing não é apenas sobre quanto dinheiro gastar, mas como gastar inteligentemente. A compreensão profunda do CAC e a utilização eficaz de um CRM podem transformar o planejamento orçamentário de uma estimativa em uma ciência exata, garantindo que cada real investido contribua diretamente para o crescimento da empresa.

Atendimento

Como podemos ajudar você hoje?

Orçamento

Já sabe quais soluções deseja contratar?

Consultoria

Precisa de orientações sobre marketing e vendas?

Blog

Notícias, novidades e muito conhecimento sobre marketing e vendas