fbpx

Especialista dá dicas de como aproveitar os recursos para aumentar o alcance dos clientes.

2022 chegou com muitas novidades no mercado do marketing digital. Agora, a expectativa está voltada para o Instagram. Isto porque o head da plataforma, Adam Mosseri, publicou sobre diversas atualizações que veremos na rede social este ano. “As atualizações sempre trazem novidades que podem ser incorporadas no planejamento de marketing de empresas. Por isso, é fundamental acompanhar as novas tendências dessa rede social”, revela o especialista em marketing digital, César Augusto

Dentre as novidades, podemos citar as três opções de feed. “Uma das novas atualizações do Instagram para 2022 é a inclusão de três formatos diferentes de feed para a escolha do usuário: Home, Favoritos e Seguindo. Embora ainda não haja uma data oficial para a mudança, algumas pessoas já foram escolhidas para testar a novidade”, conta.

Mais uma das novas atualizações do Instagram inspirada no TikTok é o Reels Visual Replies. “Com esta nova ferramenta, os usuários poderão responder comentários de um Reels com outro Reels, assim como acontece na concorrente. Uma ótima forma de conseguir engajamento”, aconselha César.

  • Como se adaptar?

A época de comprar seguidores e realizar sorteios acabou. Com as novas atualizações do Instagram, o que podemos ver é que a rede quer oferecer cada vez mais controle para o usuário da sua própria experiência na plataforma. “Trabalhe um bom storytelling baseado em um bom plano de marketing de conteúdo para que as pessoas queiram te acompanhar e seguir as suas publicações”, explica.

Vale ressaltar que quando o Instagram lança uma nova ferramenta, ele prioriza a entrega de conteúdo das pessoas que usam essa ferramenta. “Logo, procure usar todas as atualizações assim que elas ficarem disponíveis para a sua conta”, finaliza o especialista.

 

Fonte: César Augusto, especialista em marketing digital e proprietário da agência Creative.

Executiva aponta que os tokens não fungíveis oferecem, ao menos, três benefícios bastante claros que já começam a ser explorados por empresas. Saiba quais são.

Vivemos em um ambiente econômico e social em pleno estado de mudança. Do metaverso ao avanço progressivo da inteligência artificial nos mais diversos campos de nossa vida, são tantas as transformações que quase não conseguimos mais acompanhar a velocidade com que inovações disruptivas surgem a cada dia. É nesta seara de revoluções digitais que cresce no mercado o debate em torno do conceito e da aplicação dos NFTs (em tradução literal, tokens não fungíveis).

Para termos uma perspectiva mais clara desse cenário, em 2021, de acordo com dados da consultoria Chainalysis Inc divulgados pela Bloomberg, o mercado de NFTs movimentou valores superiores a US$ 40 bilhões. E esse, a princípio, é apenas um primeiro passo, uma vez que estamos falando de uma tecnologia que já influencia uma série de segmentos, incluindo mídia e entretenimento, moda, varejo, bem como, o próprio universo do marketing.

Mas quais os possíveis benefícios dos tokens não fungíveis para as marcas e de que modo seu posicionamento mercadológico pode ser influenciado por essa tendência?

  • Para não confundir alhos com bugalhos

De antemão, vale a pena revisarmos, brevemente, o conceito de NFTs. Os tokens não fungíveis têm uma relação direta com o desenvolvimento de criptomoedas, só que, enquanto a bitcoin e outros exemplos de moedas digitais se referem a tokens que podem ser intercambiados – isto é, utilizados em algum tipo transação, geralmente de ordem econômica – os NFTs tratam-se, de modo bem objetivo, de ativos digitais únicos, que não podem ser reproduzidos e cuja autenticidade é garantida por meio de códigos criptografados de blockchain.

Em outras palavras: podemos entender os tokens não fungíveis como certificados que garantem a autenticidade de qualquer elemento digital – uma fotografia, um protótipo visual, itens colecionáveis, entre outros.

A primeira aplicação de um NFT tem data de 2014, quando foi apresentado em um evento sobre arte e tecnologia no New Museum of Contemporary Art de Nova York. Desde então, obras digitais não-replicáveis com base em NFTs foram comercializadas por valores expressivos em casas de leilão ao redor do mundo e tem chamado a atenção de outros segmentos de mercado.  

  • As aplicações dos NFTs no marketing e o futuro

E aí começa a relação dos NFTs com o marketing digital. Enquanto na internet a densidade de informações disponíveis cria uma ilha onde conteúdos se perdem e marcas precisam criar estratégias para se diferenciar, os tokens não fungíveis oferecem, ao menos, três benefícios bastante claros que já começam a ser explorados por empresas: geração de valor, criação de bases de brand lovers e personalização.

No âmbito da geração de valor, os NFTs contribuem para a criação da ideia de escassez, da oferta de algo único e que cria um laço de identidade entre marcas e consumidores. Nesse sentido, quando a Taco Bell lançou gifs colecionáveis certificados em NFT, além de criar um buzz no mercado e despertar o interesse de fãs da empresa, ela passou a captar em cima das revendas dos gifs originais que já chegaram a ser leiloados por mais de US$ 20 mil. 

Consequentemente, a partir da oferta de experiências únicas para os consumidores, redes de defensores de marca vão sendo construídas e o engajamento com as empresas só cresce diante da busca pela exclusividade oferecida pelos NFTs.

Por fim, temos ainda o fator personalização. A Nike embarcou nessa tendência ao permitir que consumidores criassem tênis personalizados – posteriormente patenteados como NFTs – e que poderão ser lançados no mercado.

Ou seja: estamos falando de todo um novo contexto que reduz as pontes entre marcas e clientes, cria identificação, senso de pertencimento e potencial geração de novas receitas. E isso é apenas o primeiro vislumbre de um horizonte que está apenas em sua fase embrionária. Com o avanço do metaverso e a queda definitiva dos muros entre os universos físico e digital, novas aplicações poderão surgir dentro de um ambiente de consumo instigante e que começa a se descortinar.

Nesse sentido, cabe aos profissionais de marketing estudarem o avanço dos NFTs na economia contemporânea, pois, o fato é que, independentemente de qual será a configuração do mercado, é bem provável que ele continue valorizando aquilo que é único e exclusivo.

Por: Juliana Garcia

Comunicóloga, jornalista por formação e apaixonada pelo trabalho de mídia espontânea. Atua há mais de 12 anos como Public Relations, sendo que, deste período, 9 anos à frente da IDEIACOMM, agência de conteúdo, social media e assessoria de imprensa.

As habilidades digitais são essenciais na era digital de hoje. Você deve aprender e se reinventar constantemente para se manter competitivo no mercado de trabalho atual. Não importa quanto tempo você estuda, mas sim o quão curioso você é e quais ferramentas você tem para se adaptar ao mundo em constante mudança ao nosso redor.

Você não deve perder de vista o fato de que todas as profissões precisam de habilidades digitais até 2030.

Como você pode aumentar suas habilidades digitais?

Use ferramentas intuitivas para criar sites e aplicativos ou faça cursos online para aprender a usar determinado software.

Use um editor intuitivo para criar um aplicativo – Mais e mais serviços estão se tornando acessíveis a todos. os usuários estão acostumados a usar aplicativos para pedir comida, comprar roupas ou usar um serviço.

O software é fácil de usar e instalar. Tem vários usos. Há uma boa chance de sua empresa precisar desenvolver seu próprio software para melhor atender seus clientes.

No passado, apenas alguns anos atrás, era possível projetar um aplicativo usando linguagens de programação como JavaScript, PHP e Kotlin (aprender estratégia de SEO). É importante entender o básico dessas linguagens para desenvolver um aplicativo. Essas linguagens exigem que você seja capaz de aprendê-las bem e que esteja disposto a gastar muito tempo escrevendo códigos

E se você não tiver habilidades de programação, mas ainda quiser criar e configurar um aplicativo? Um editor de aplicativos é a melhor opção.

Existem muitos fornecedores no mercado que podem oferecer-lhe sistemas que lhe permitirão concretizar as suas ideias. Se você deseja criar um aplicativo móvel com imagens e texto, pode configurá-los rapidamente usando um editor

Essas ferramentas são para contratados independentes que desejam se comunicar sobre seus serviços, produtos e outros tópicos. Essas ferramentas permitem que você crie feeds RSS e notificações push. Essas opções são adequadas para aplicativos usados para informar ou comunicar sobre eventos.

Os editores de aplicativos também oferecem outras funções, como geolocalização e câmera. Um editor de aplicativos é uma ótima maneira de aprender a criar aplicativos. Apesar de não oferecer muitas funções, este sistema facilita o acesso a determinados comandos em uma linguagem de programação através de uma interface intuitiva.

Muitos editores de aplicativos cobram uma taxa mensal. Para usar o aplicativo e hospedar seu aplicativo móvel, você precisará pagar uma taxa mensal.

Cursos online em educação digital e digital

O conhecimento está agora ao alcance de todos. Você pode aprender novos assuntos ou aprimorar suas habilidades por meio de aulas virtuais ou por meio de uma plataforma especializada.

O primeiro cenário é onde você se inscreve em uma aula com um professor, que dá aulas à distância. O segundo cenário é diferente. Você não precisa ver ou falar com um professor porque as lições estão prontas para você estudar.

Não importa qual método você use, o aprendizado online é uma excelente maneira de aprimorar suas habilidades digitais. Você aprenderá muitos assuntos rapidamente.

A internet apresenta conceitos de uma forma fácil de entender. Módulos que são simples de compreender estarão disponíveis. Muitos exercícios práticos ajudarão você a entender a teoria, mesmo que seja difícil para você entender.

Os cursos online permitem que você estude quando e onde quiser. Então você pode continuar trabalhando e seguir os cursos que se encaixam na sua agenda.

A maioria dos cursos online termina com um certificado ou diploma que certifica as habilidades adquiridas. Este certificado é então um domínio estabelecido que segue regras muito precisas.

Entrevistas em vídeo com especialistas digitais

Você também pode aprender online assistindo a tutoriais sobre tópicos específicos. Gostaria de criar uma loja online utilizando uma ferramenta intuitiva? Ou aprenda o básico das linguagens de programação.

Os vídeos on-line são uma ótima maneira de descobrir mais sobre tópicos que lhe interessam. Este também é um método totalmente gratuito para aprender, ao contrário dos cursos online pagos.

Você precisará procurar tutoriais em plataformas que oferecem conteúdo completo e profissional, como o YouTube. Muitos profissionais criaram canais no YouTube dedicados ao vídeo.

Eles fazem vídeos que explicam conceitos complexos no setor digital. Você pode pesquisar o tópico e selecionar uma das sugestões que aparecem.

O YouTube tem muitos vídeos, por isso pode ser difícil encontrar o melhor. Selecione os vídeos mais relevantes. Para garantir que você tenha o conhecimento correto, direcione a busca para canais que são altamente conceituados na rede. Isso significa que eles têm um grande número de assinantes. Você também pode escolher vídeos que foram vistos muitas vezes por usuários da Internet.

Aprenda com um profissional digital

Você pode aprender habilidades digitais com uma pessoa experiente em seu campo, assim como o aprendiz de padeiro que aprendeu o ofício com seu pai.

Um profissional freelancer é a melhor escolha ou trabalhar em uma agência de marketing digital. Para entender seu trabalho e os fundamentos de seu trabalho, você poderá acompanhá-lo durante todo o dia.

Você dominará qualquer profissão que escolher seguindo estes passos e os conselhos do especialista.

Faça um curso para aprender habilidades digitais

O aprendizado físico, ao contrário do e-learning, reúne alunos e professores em um só lugar. Para receber novos conhecimentos, você precisará dedicar algumas horas por dia ou semana ao treinamento físico.

Este método de aprendizagem tem a vantagem de reduzir o contato entre o aluno e o professor. Para compreender plenamente as ideias do professor, você poderá fazer qualquer pergunta. A maioria dos centros de treinamento aprovados também emite certificados na conclusão do treinamento. 

Você deve considerar a reputação da instituição de treinamento escolhida ao escolher uma escola. Uma escola que oferece cursos de qualidade rapidamente geralmente terá uma boa reputação. Consulte os depoimentos e opiniões dos alunos no site da escola, mídia social ou fóruns de discussão para obter uma imagem clara de seu valor. Opiniões positivas indicam que a organização é séria.

Um bom centro de formação deve ter experiência e capacidade para desenvolver um programa eficaz e pedagógico.

Saiba mais sobre o setor que segue em crescimento constante no Brasil e no mundo.

Impulsionado pelos desafios impostos pela pandemia, o mundo virtual ganhou mais interesse e investimentos de empresas, o que resultou em uma alta na demanda por serviços de marketing digital. Para quem busca uma oportunidade para empreender em um mercado promissor, há franquias especializadas nessa área, que oferecem toda a estrutura e treinamento necessários para começar seu negócio.

“Com horários flexíveis e baixo custo fixo, as possibilidades de ganho com uma franquia de marketing digital, hoje, são ilimitadas”, diz Caio Cunha, presidente da WSI Brasil, maior rede do mundo no setor. “Basta ter espírito empreendedor, determinação e vontade de aprender.”

Presente em mais de 80 países, com mais de 1000 unidades franqueadas, a WSI tem, hoje, no Brasil, 20 unidades de franquias e parceiros homologados em operação, que oferecem soluções de marketing digital para clientes em nível local, regional ou nacional. Como máster franqueadora, oferece aos franqueados um sistema de marketing digital bem sucedido, atualizado com o que há de mais novo no setor, em termos de soluções digitais e tecnologias, além de treinamento permanente para seus franqueados e uma rede global de consultores e parceiros especializados.

“Transformamos os nossos franqueados em consultores estratégicos, para que possam identificar oportunidades de negócios, fazer análise dos concorrentes, gerar oportunidades de negócios e fortalecer a marca de seus clientes online, alavancando o retorno dos investimentos”, explica Cunha. “Com +25 anos no mercado de marketing digital, a WSI praticamente nasceu com a internet e tem acompanhado seu ritmo de atualização e inovação.”

Por meio desse trabalho específico e acurado, o crescimento médio da receita gerada pelas unidades WSI e seus parceiros no Brasil alcançou índices superiores a +36% no último ano.

Buscando aproveitar o crescimento da demanda pelos serviços virtuais e expandir as atividades no Brasil, a WSI ajustou os valores para a aquisição da franquia e passou a oferecer serviços como curso de inglês online e esforços de geração de leads, por 4 meses, sem custo para os franqueados.

“A franquia é uma modalidade de empreendimento mais segura, que conta com a experiência e o apoio da empresa franqueadora”, afirma o presidente da WSI. “Acreditamos que há muito espaço a ser explorado na área de marketing digital, em atendimento a empresas de todos os portes e segmentos, que precisam de um planejamento exclusivo e estratégico para investir em seus negócios on-line.”

Informações gerais sobre a franquia da WSI

Investimento inicial total: R$ 77.500 (estimado)

Taxa de franquia: R$ 59.800 a R$ 99.800 (o preço varia em função da licença de cobertura de atuação)

Capital de giro inicial: até R$10.000 (estimado)

Capital para instalação: 0

Taxa de marketing (inclui soluções de marketing, tecnologia, treinamento): próximo a R$ 1.500 por mês

Royalties: 8% do faturamento bruto

Faturamento médio mensal: R$ 30.000 a R$50.000

Prazo de retorno do investimento: 16 meses

Lucro médio mensal: 30% a 40% do faturamento

Sobre Caio Cunha

Caio Cunha é Presidente da WSI Master Brasil, co-Fundador da WSI Consultoria e membro do Global WSI Internet Consultancy Advisory Board. Com mais de 25 anos de experiência na indústria de tecnologia, atingiu cargos executivos de alto nível, em grandes empresas multinacionais como PWC (com clientes IBM e Unisys), SAP e Hitachi Data Systems, no Brasil e no exterior. Ao longo de sua carreira, participou em programas de desenvolvimento profissional em universidades como a Stanford University, na Califórnia, e no IMD Internacional, na Suíça. Tem MBA em finanças pelo IBMEC e é graduado em Administração de Empresas pela PUC, com dois anos na Roosevelt University, em Chicago.

https://www.segs.com.br/seguros/338082-possibilidade-de-ganhos-com-uma-franquia-de-marketing-digital-sao-ilimitadas-diz-especialista

A Magazine Luiza é uma plataforma digital que não para de crescer e inovar. Além de abrir várias vagas de emprego no mercado brasileiro, a Magalu também está com 10 mil bolsas de estudo para as áreas de comércio eletrônico e marketing digital.

A Magazine Luiza é uma plataforma digital que não para de crescer e inovar. Além de abrir várias vagas de emprego no mercado brasileiro, a Magalu também está com 10 mil bolsas de estudo para as áreas de comércio eletrônico e marketing digital.

As oportunidades buscam ajudar os brasileiros que estão fora do mercado de trabalho a se capacitarem em busca de melhores oportunidades. As bolsas de estudo são para duas áreas que procuram cada dia mais por profissionais qualificados.

Bolsas de estudo Magalu

As bolsas de estudo da Magalu são destinadas às mulheres vítimas de violência. A proposta do programa é servir de incentivo para que esse público conquiste a independência financeira.

O incentivo é resultado de uma parceira entre a Magalu e entidades brasileiras que trabalham diretamente com o combate à violência. Por exemplo, o Centro de Mulheres Urbanas e Rurais de Lagoa do Carro e Carpina (Cemur), em Pernambuco. A parceria conta com instituições em vários estados brasileiros, e a ideia é reduzir a dependência financeira dos parceiros, o que muitas vezes é motivo de permanência em relacionamentos abusivos.

Por meio das bolsas de estudo da Magalu, as alunas vão contar com acesso à internet. Os cursos são divididos em módulos, com aulas sobre e-commerce, dicas de fotografia, assim como empoderamento. O programa também abordará os tipos de violência, as formas de prevenção e denúncia e vários orientações para as mulheres. Assim, o projeto vai além da educação voltada para o mercado de trabalho.

Para facilitar o acesso, o curso será feito a distância, de forma on-line. Ainda de acordo com a Magalu, as bolsas de estudo não exigem conhecimento prévio nas áreas dos cursos ofertados. Ou seja, até mesmo iniciantes vão conseguir acompanhar bem os módulos.

Reconhecer o público-alvo, é o primeiro passo para ter um marketing digital de sucesso, é uma condição vital para aperfeiçoar o atendimento e desenvolvimento de produtos e serviços.

A definição de quem irá consumir os produtos ou os serviços oferecidos faz parte do planejamento inicial de qualquer negócio e pode ser adaptado ao longo do tempo. É um fator importante, onde o empresário deve saber em quem focar e quais estratégias adotar.

Dessa forma, fazer uma divulgação adequada ao público-alvo certo é o caminho para entregar conteúdos direcionados e que irão fazer o cliente tomar a decisão de compra. Mas como defini-lo?

O que é público-alvo?

Antes de explicar como identificar o público-alvo, é importante ressaltar o conceito. Mais do que apenas futuros clientes, o público-alvo, conhecido também como target, é um grupo de consumidores com características e perfis semelhantes que se identificam com um produto ou serviço empresarial.

Alguns hábitos, atividades de lazer, local de moradia, identidade de gênero, classe social e faixa etária são parte dos atributos que definem qual será a parcela da sociedade que estará interessada na empresa.

Para o público-alvo que será voltada toda a ação de divulgação, seja ao promover peças publicitárias on-line ou impulsionando publicações em redes sociais. Assim como é que o produto ou serviço vai ser direcionado

Diferentemente de persona, o público-alvo é mais geral, social e menos individual. Assim é possível encrontrar em bases de estatísticas, nas atividades da loja, vendas on-line e acessos às plataformas digitais. Apís identificar público-alvo, o próximo passo seria definir a persona .

Qual a diferença entre público-alvo e persona

Enquanto o público-alvo representa um grupo com informações gerais e de forma mais ampla. Sendo a principal função servir como um grupo para o qual a empresa vai em direção. A persona é o retrato de um cliente semifictício.

Também conhecida como buyer persona ou avatar, é retirada de dentro do grupo do público-alvo e, então, personificada. É o cliente ideal de uma empresa, baseado em características reais e individuais, como: hobbies, mídias que consomem e metas. Apresenta dados sociais, mas principalmente pessoais.

O avatar não é possível sem antes identificar o público geral. E ele tem como objetivo simular possibilidades mais específicas e subjetivas do cliente com o produto ou serviço. Ampliando assim o entendimento acerca dos clientes para o qual a empresa é direcionada.

Exemplo de público-alvo

Estudantes do sexo feminino, entre 18 e 24 anos, moradores da cidade de Porto Alegre, com renda familiar entre R$ 2.500 e R$ 5.000. Com um perfil leitor, que almejam ou estão no ensino superior

Exemplo de persona

Maria, 24 anos, solteira, acadêmica da faculdade de Letras, e estagiária na área da educação. Divide apartamento com colegas e tem uma grande coleção de livros de poesia e assinatura trimestral de pacote de literatura brasileira. A principal meta de Maria é investir em cursos para especialização em Educação, e o principal obstáculo atualmente é a baixa renda pessoal.

Ferramentas para encontrar o público-alvo

Nem todos os indivíduos que interagem com uma marca, seja em um blog ou redes sociais, estão dentro do grupo do público-alvo. Este representa apenas aquelas pessoas que necessitam e dão valor solução da empresa.

Mapear este público-alvo, o verdadeiro de uma empresa, é uma tarefa bem minuciosa. Porém existem diversas ferramentas com as quais pode-se contar para extrair as informações necessárias.

Abaixo algumas ferramentas para encontrar dados relevantes:

  • Pesquisa com os clientes reais: propor a clientes que respondam a um questionário online ou pessoalmente pode ser uma pesquisa muito eficiente para recolher dados mais qualitativos;
  • Google Analytics: se a empresa tiver um site, a ferramenta pode trazer dados demográficos e de interesses de quem está o visualizando;
  • CRM: esta gestão de relacionamento com o cliente é um mecanismo de controle do relacionamento clientes-empresa e é feito através de dados sobre vendas realizadas;
  • Redes sociais: com ferramentas analíticas próprias, elas geram uma boa base de quem são as pessoas que estão interagindo com a marca e servem de início para identificar o público-alvo.

Como organizar as informações

Mais do que acumular dados, é necessário saber quais dados são relevantes para a criação do público-alvo. E ainda, para poder utilizar o público-alvo de forma efetiva é necessário que os dados sejam processados e segmentados.

Separá-los em grupos de algumas variáveis mais importantes é um bom caminho para um marketing digital efetivo. Alguns dados necessários para organizar as informações:

1) Dados Geográficos: país, região, estado, cidade, dimensão do território, área rural e urbana, área residencial ou comercial, densidade populacional, clima;

2) Dados Demográficos: idade, identidade de gênero, sexualidade, etnia, núcleo familiar, status civil, renda, condição socioeconômica, profissão, nacionalidade;

3) Dados Psicográficos: valores, interesses, estilo de vida, personalidade, preocupações;

4) Dados Comportamentais: interações com a marca, motivações em relação ao produto ou serviço, sensibilidade ao marketing, intensidade do uso;

Conclusão

A identificação e organização do público alvo de uma empresa é um dos pilares para um marketing digital eficaz. A partir dele é possível construir a buyer persona e melhorar o direcionamento e relacionamento com cliente real.

De posse destas informações, é possível questões orientadas como: Quais as necessidades dos consumidores. Qual a rede social que terá uma resposta mais adequada. Onde divulgar para que resulte em decisão de compra.

Público-alvo: onde todo processo de marketing começa

blankQuem Somos

Agência de marketing digital localizada na zona sul de São Paulo com mais de 11 anos de experiência em soluções digitais para pequenas empresas.

Somos uma agência de performance, nossas ações são guiadas por dados e com foco em um objetivo.

A nossa missão é empoderar você e facilitar sua tomada de decisões para que você possa ir tão longe quanto a sua imaginação e ousadia permitirem.

Além dos Serviços de Marketing Digital, nós desenvolvemos Ferramentas e Produtos para o mercado.

 

Sobre Nós

Top

latest android games

|

popular android games