fbpx

Funil de vendas é uma estratégia de marketing usada para entender o processo de compra dos clientes. Com eles é possível saber como eles são atraídos, quanto tempo demoram para entender sobre o produto e concluir uma compra.

O que muita gente não sabe é que, para cada objetivo que a empresa tenha, existe um tipo de funil para implementar nos canais de compra. É preciso levar em consideração o produto que é oferecido para traçar uma estratégia assertiva com o funil de vendas.

De início, é necessário pensar em quais metas a empresa quer atingir, seja vender mais, ser conhecida no mercado ou novos clientes para criar uma lista de fidelização. Neste artigo traremos tipos de funis de venda e o objetivo de cada um deles.

FUNIS COM OBJETIVO DE CONVERSÃO DE LEADS

Daremos três exemplos de funis com foco em conversão de leads.

Funil de vendas com foco em conversão de leads potenciais: o objetivo desde funil é atrair leads qualificados para a empresa e levá-los ao processo de compra. Geralmente é um funil adotado por empresas B2B. Os principais pontos são:

  • apresentar a empresa através de algum conteúdo;
  • entrar em contato com o lead;
  • agendar uma reunião com o lead;
  • apresentar as vantagens da empresa;
  • fazer uma proposta personalizada para cada lead;
  • trabalhar o processo de compra até concluí-lo.

Funil de vendas com foco em nutrir os leads: neste ponto, o objetivo é fazer com que os leads em potencial que entraram no topo do funil continuem o processo de compra. Uma forma de fazer com que isso ocorra é nutrindo esses potenciais clientes com conteúdos sobre a empresa, como:

  • cadastrar o lead na newsletter da empresa;
  • segmentar os objetivos e perfis de cada lead, a fim de enviar conteúdos assertivos;
  • enviar e-books;
  • enviar cases de sucesso da empresa.

Funil de vendas com foco em tomada de decisão: é um funil voltado para empresas que tem desgastes no momento de finalizar a compra, como abandono de carrinho. É indicado para empresas que tem um bom atrativo, mas o problema é a finalização, para isso se deve:

  • investir tempo para compreender os leads e suas necessidades;
  • ajustar propostas caso necessário;
  • marcar visitas presenciais ou chamar o cliente até a empresa;
  • apresentar os cases de sucesso da empresa.

FUNIS COM AUTOMAÇÕES

Em alguns casos, o problema com a conversão de leads está atrelado a falha humana, um dos processos que ajuda com que isso diminua e minimize os gastos é a automatização, como:

Funil de vendas direta: esse funil é feito com base em anúncios publicados em sites, é o que chamamos de banner, o qual quando clicamos, somos direcionados para o produto ou o serviço oferecido.

Funil de conteúdo e venda direta: é feito com o mesmo objetivo do funil de vendas direto, porém, há um conteúdo informativo atrelado a ele. É uma forma de atrair os leads ao blog e site da empresa através de um único clique.

Funil de vendas e encantamento: este funil usa como base central o envio de e-mail marketing para nutrir o cliente de informações sobre a empresa a fim de atraí-lo.

Funil de vendas postergada e encantamento: é utilizado o mesmo processo de anunciar, porém, o contato é encaminhado ao comercial da empresa que entrará em contato com o cliente para falar sobre o produto ou serviço que oferece.

Funil de vendas múltiplas e encantamento: é um funil de vendas que usa a estratégia de teste grátis ou valor menor de produto para chamar a atenção de clientes, e uma vez que a compra é feita e o cliente volta satisfeito, a empresa passa a usar o valor real de mercado.

FUNIS DE VENDAS DE ACORDO COM O PRODUTO E SERVIÇO

Os funis de venda precisam estar de acordo com o produto e serviço que é oferecido. O enfoque que se dá a um produto físico, para um digital, por assinatura ou uma prestação de serviço são completamente diferentes, segue:

Funil de lançamento: é voltado para estratégias de lançamento de alguma marca ou produto. Invista em conteúdos que atraiam o público para conhecer a marca, como pré-venda, descontos ou cupons.

Funil de webinário: voltado para levar os clientes a comprarem conteúdos ao vivo em vídeos, que possibilitam tirar dúvidas com especialistas.

Funil de produtos físicos: a estratégica para produtos físicos é atrair o público certo com conteúdos atrativos e valores acessíveis, mostrando que a empresa tem um diferencial.

Funil digital: para este funil é usado os métodos de atração juntamente com a nutrição, com iscas digitais, como ebooks e conteúdos sobre a marca.

Funil por assinatura: este funil precisa ser extremamente assertivo. Há diversos serviços por assinatura e geralmente, o menor preço é o que leva. É preciso ponderar o que vale a pena em valores e testes para chamar os clientes para a empresa.

FUNIS DIFERENCIAIS

Abaixo listamos alguns modelos de funis que podem ser utilizados em qualquer empresa ou segmento. É possível adaptá-los de acordo com as necessidades e objetivos encontrados em cada uma.

Funil Growth Hacking: é um funil de vendas que acompanha o marketing com experimentos, há cinco passos que devem ser seguidos:

  • mostrar para os usuários que a sua empresa é a solução para o problema deles;
  • oferecer uma boa experiência de compra;
  • manter os clientes engajados no negócio por meio de conteúdos relevantes;
  • criar estratégias para aumentar o faturamento;
  • fazer com que os clientes indiquem a empresa para outras pessoas.

Funil de cartas de vendas: é baseada em três pilares de compra:

  • criar relação de confiança com o lead, mostrando quem está por trás do produto/serviço que ele consome;
  • desenvolver a história da marca;
  • focar nas soluções que os produtos ou os serviços oferecem para o público.

Funil Step Tripwire: é o funil com métodos em oferecer testes grátis, prévias e descontos, para posteriormente oferecer produtos com valores maiores, uma vez que o cliente se fidelizar.

Funil Invisível: é um funil com base em período de teste, permitindo que o cliente utilize os serviços por um período, e se gostar, passa a consumir o produto. É muito comum essa estratégia em streaming, cursos e ebooks. 

Funil magnético de leads: é o funil que exige que o cliente preencha um formulário com contato para ter acesso a determinados conteúdos. Assim, a empresa consegue entrar em contato para concluir a compra, seja por mensagem, telefonema ou e-mail. 

Funil baseado nas redes sociais: é uma espécie de funil que busca a interação do público alvo, seja por post, enquetes ou campanhas. A ideia é atrair o público e conseguir ser assertivo na forma de divulgação dos produtos para este nicho específico.

Seja o segmento, produto ou serviço que for, sempre haverá um funil de vendas específico para a sua empresa crescer. É preciso analisar os processos, público-alvo e objetivos da empresa para conseguir traçar o melhor método de aplicação do funil na empresa. 

Nós da Mardini utilizamos um funil de vendas próprio em três níveis, para saber mais, entre em contato conosco e comece um novo processo para a sua empresa.

blankQuem Somos

Agência de marketing digital localizada na zona sul de São Paulo com mais de 11 anos de experiência em soluções digitais para pequenas empresas.

Somos uma agência de performance, nossas ações são guiadas por dados e com foco em um objetivo.

A nossa missão é empoderar você e facilitar sua tomada de decisões para que você possa ir tão longe quanto a sua imaginação e ousadia permitirem.

Além dos Serviços de Marketing Digital, nós desenvolvemos Ferramentas e Produtos para o mercado.

 

Sobre Nós

Top

latest android games

|

popular android games